Festivais ao redor do mundo - Parte 1: América do Sul

Animação a mil, várias pessoas, vários palcos, um só objetivo: a música. Ah, os shows! Um dos melhores lugares para conhecer pessoas parecidas com você, poder gritar suas músicas favoritas com mais milhares de pessoas, incluindo o cantor! Minha mãe brincou uma vez que eu não gosto de viajar, eu gosto de sair da cidade para ir em shows. Mas, vendo direito, acho que ela está até um pouco certa. Quer dizer, eu amo viajar, mas se eu puder viajar e ir a show, conciliar turismo com música, melhor ainda. Bom, acho que melhor do que a oportunidade de ir em um show, é poder ir em vários em só um lugar, pagando só um ingresso e fazendo só uma viagem. Isso mesmo, esses são os festivais.

Foi inspirado nisso que eu andei pensando em um dia dar a volta ao mundo indo em festivais de música e, em meio a tantas pesquisas, acabei achando festivais tão diversos e com histórias tão interessantes que achei que valia muito a pena fazer um especial aqui no blog. A princípio ia ser apenas um post, mas são tantos que ficaria muito grande, então decidi dividir em sete posts diferentes, um para cada continente.

Nada mais justo do que começar essa série de posts com o nosso continente, a América do Sul. Um continente que vem crescendo tanto no quesito de festivais e se popularizando cada vez mais. Trouxe para vocês os seis festivais que mais me chamaram atenção e aos quais eu quero ir com certeza!


Lollapalooza (Argentina/Brasil/Chile)

O festival de dois dias, que começou em 1991 nos Estados Unidos como uma turnê de despedida da banda Jane's Addiction, chegou a América do Sul há pouco tempo, mas já tem um público consistente. A primeira versão brasileira aconteceu em 2012, no Jockey Club de São Paulo e recebeu nomes como Foo Fighters, Arctic Monkeys e Joan Jett & The Blackhearts. A parte interessante é que o festival não envolve apenas música, mas também apresentações de comédia, feira de artesanato e até mesmo espaço para grupos políticos sem fins lucrativos debaterem. Esse ano o festival vai ser durante os dias 28 e 29 de março em São Paulo e vai contar com a presença de nomes como Foster The People, The Kooks e o maravilhoso Robert Plant. O Lollapalooza também é o primeiro festival que eu vou riscar da minha listinha, já que esse ano eu vou estar por lá!!

Rock in Rio (Brasil)


Esse daqui já virou um gigante entre os festivais, ocupando a oitava posição de maior festival no mundo. O Rock in Rio, que já começou com um público de um milhão e meio de pessoas em sua primeira edição, é uma febre e já virou atração internacional, sendo realizado também em Portugal e na Espanha e esse ano ganha sua versão nos Estados Unidos. Acontece no Rio de Janeiro - como já diz o nome - e pelo seu palco já passaram apresentações históricas de bandas como Guns N' Roses, Queen e AC/DC. Há quem diga que, por começar a trazer muitas atrações nem tão rock'n roll, o Rock in Rio tenha perdido sua essência no meio do caminho, mas ainda acho que seja um passeio válido - apesar de nada barato. O festival vai rolar nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro no Rio de Janeiro.

Creamfields (Argentina/Brasil/Chile/Peru)


O festival anual de música eletrônica é um pioneiro nato, primeiramente apresentado em Winchester, na Inglaterra, nos anos 90, hoje em dia o Creamfields já está em mais de oito países, além do Reino Unido. E quatro deles estão aqui na América do Sul! Pelos palcos do Cresmfields ao redor do mundo, já passaram grandes nomes da música eletrônica, tais como Paul van Dyk, Sasha e Daft Punk. Aqui no Brasil, ele já rolou em Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, mas desde 2010 ele ocorre permanentemente em pleno verão catarinense, em Florianópolis. Infelizmente, a versão desse ano já passou, foi no dia 24 de janeiro, mas a notícia boa é que certamente ano que vem, na mesma época, ele vai acontecer de novo.

Primavera Fauna (Chile)


Aí está um dos festivais que, quando eu comecei a ler a respeito, entrou no topo da lista de festivais aos quais eu preciso comparecer. Além de ser em um país que eu adoro e pretendo voltar, o Chile, o festival é focado em música psicodélica e é realizado em um espaço a céu aberto com uma paisagem maravilhosa! O Primavera Fauna ainda é bem novo nesse mundo de festivais e começou em 2011, mas, de acordo com muitas coisas que eu li por aí, ele só ganhou mais credibilidade com os anos. Ele acontece normalmente em Santiago, no Espacio Brodway. Não consegui achar nenhuma notícia que falasse sobre a edição desse ano, mas a edição do ano passado teve Tame Impala como headliner (!!!) e destaque para a banda goiana Boogarins. No palco do festival também brilharam The Lumineers, The 2 Bears e Floating Points. Bom, eu vou continuar esperando por mais informações sobre uma próxima edição e prometo compartilhar com vocês assim que conseguir!

Festival Estéreo Picnic (Colômbia)


Esse daqui é outro festival novinho que só tem cinco anos de existência e teve um começo bem tímido, com apenas algumas poucas atrações. Mas que nesse ano já conseguiu levar The Kooks, Skrillex, Kings of Leon, Chet Faker, Jack White, entre outros grandes nomes da música alternativa. O Picnic se intitula um evento de música e atrações culturais e acontece em Bogotá, na Colômbia anualmente, desde 2010. A edição desse anos aconteceu na semana passada, do dia 12 ao dia 14 de março, mas não desanime só porque perdeu, a edição do ano que vem já está praticamente confirmada!


Asunciónico (Paraguai)


Encontrei milhares de referências desse festival, inclusive coisas que diziam que ele era uma a versão paraguaia (de forma não pejorativa, por favor!) do Lollapalooza e, a julgar pelo line-up desse ano, eu não discordei, já que é realmente bem semelhante. Apesar de não ter encontrado absolutamente nada que fale sobre a história do festival, encontrei informações que me levam a acreditar que a edição desse ano vai ser a primeira (me corrijam se eu estiver errada, só encontrei páginas em espanhol e espanhol não é o meu forte) e contará, além das atrações musicais, que incluem Robert Plant e Kasabian, também com um espaço gastronômico, um espaço de arte contemporânea e um ecológico. O Ansunsiónico acontecerá entre os dias 19 e 20 de março, no Jockey Club de Assunção.

--
Espero que tenham gostado e a acompanhem essa série de posts, porque eu estou realmente empolgada! Esses foram os festivais sul-americanos que mais me chamaram atenção, se tiverem mais sugestões não temam em comentar! xx
Siga o Obstrelando no Bloglovin!

Nenhum comentário

Olá olá! Obrigada por ler o post e sinta-se à vontade para comentar! Não esqueça de voltar para ver a sua resposta, tento responder a todos. E, se você tiver um blog, deixe o link ao fim do comentário, adoro conhecer coisas novas!