Curtir a própria companhia também é bom

Nos últimos vezes eu tenho tido muito tempo de curtir um pouco a mim mesma e isso me fez questionar muitas coisas na minha vida. Por ter tomado a decisão de desistir da faculdade de direito para tentar o curso de psicologia que eu ansiava há tempos, acabei sendo jogada de novo no meio de toda aquela loucura de ENEM e vestibulares. Tive que intensificar meus estudos em casa mesmo, rearranjar meus horários e acabei tendo ainda mais responsabilidades dentro de casa para ajudar. Tudo isso resultou em um distanciamento considerável da maioria dos meus amigos, o que me deixou bem melancólica a princípio. Porém, me fez perceber que eu vinha dando atenção demais para tudo e todos e atenção de menos para a pessoa mais importante em toda a minha vida: eu mesma.

Os meses que prometiam ser um sufoco de livros e deveres, acabaram se mostrando um túnel de auto conhecimento infindável e gratificante. Temos o costume de achar que sabemos tudo sobre nós mesmos e nem imaginamos o quanto estamos enganados. Descobri interesses que nem ao menos imaginei ter antes de explorá-los, descobri uma parte de mim que nunca havia sido vista, ou pelo menos estava escondida há um bom tempo. Curtir um pouco a nossa própria companhia é uma delícia, não depender de ninguém para fazer o que gosta e o que quer. Me vi mais livre, de certa forma, para ser quem eu sou e colocar as minhas prioridades em primeiro lugar. E isso nada tem de egoísmo, como muitos gostam de dizer.

Comecei a cuidar mais de mim, da minha saúde e do meu bem estar, até mesmo da minha auto-estima, que nunca esteve tão alta. Treinei minha confiança e mudei de hábitos, revi as pessoas que eu mantinha ao meu redor e se elas me levariam para cima ou se me deixariam para baixo. Curti bons filmes sozinha no cinema, aproveitei mais minha família, sentei em café para ler um livro e em momento algum me senti solitária. Não digo que as pessoas estão melhores sozinhas, amigos e família são fundamentais, mas alguns esquecem o quanto é importante continuar a se conhecer. O quanto é importante tirar um tempo para aproveitar a si mesmo. Descobrir interesses e explorar novas oportunidades sem depender de ninguém. Porque, afinal, nós somos os donos da nossa felicidade, certo?

Nenhum comentário

Olá olá! Obrigada por ler o post e sinta-se à vontade para comentar! Não esqueça de voltar para ver a sua resposta, tento responder a todos. E, se você tiver um blog, deixe o link ao fim do comentário, adoro conhecer coisas novas!