5 séries de comédia para maratonar

Olá, olá! Fiz um top 10 de filmes indies um dia desses para inspirá-los a preencher as férias com coisinhas legais e agora venho aqui falar sobre maratonas de séries, mais especificamente séries de comédia. Eu sei, é muito bom maratonar filmes interessantes ou aquelas séries instigantes, que fazem 50 minutos parecerem 20 e quando vemos já viramos a noite vidrados. Porém, outras vezes tudo o que queremos é uma série de 20 minutos mesmo, dar umas risadas e aproveitar uns bons momentos leves com personagens caricatos e cômicos. Eu, pelo menos, sou fã desse tipo de série, que levanta o astral e até me deixam mais criativa.

Pensando nisso, trouxe hoje cinco das minhas séries de comédia favoritas, para dar aquela animadinha nas férias de quem prefere ficar em casa. Ou mesmo quem tem pouquinho tempo livre para curtir algo legal. 

   Friends


Com certeza essa não podia faltar. É provavelmente a minha série favorita, tenho o box com as 10 temporadas e não me canso de revê-las sempre que posso. Para quem não conhece, o que eu duvido, Friends acompanha a história de seis amigos -- Monica, Ross, Phoebe, Rachel, Joey e Chandler -- que vivem seus vinte e poucos anos na cidade de Nova York. Cada um com sua característica marcante, eles simplesmente tentam viver a vida de adultos, com problemas familiares, romances, fantasmas do passado, ter uma vida profissional, tudo, claro, com muita comédia. Ao longo de 10 anos conseguimos ver o crescimento dos personagens, bem como dos romances e envolvimentos entre eles. E ainda tem o bônus de várias participações especiais marcantes! Essa é uma daquelas séries para se internar em casa por uma semana inteira e ser feliz se imaginando no Central Perk. 


   Undateable


Sabe quando você é arrebatado por uma série? Bem, foi mais ou menos isso que aconteceu com Undateable. Com apenas duas temporadas completas e uma em exibição ainda, fui pega desprevenida e agora sou completamente apaixonada. Danny é um solteirão de trinta e tantos anos, mas com uma alma de garoto, é bem o tipo que pega uma por noite e não se apega e se irrita com o fato de todos os seus amigos estarem seguindo em frente, casando e montando uma família. Quando o antigo colega de apartamento se muda para se casar, ele acaba tendo que aceitar Justin, o sonhador dono de uma bar chamado Balck Eyes (que é frequentemente confundindo com Black Guys, haha), como novo roomie. Ele e a irmã, Leslie, acabam também sendo "adotados" pelo grupo de amigos de Justin, Shelly, Burski e Brett, formando o grupo de amigos mais divertido de todos (que é posteriormente complementado por Candace). Todos eles tem características "inamoráveis" -- como o próprio título diz --, seja por serem sonhadores demais, desesperados ou seletivos demais ou por simplesmente não conseguirem levar nada a sério. É a série com os diálogos mais excêntricos e sem noção, porém os mais engraçados que já vi. Um prato cheio para quem quer sentir a barriga doer de tanto rir. O mais legal ainda é que dois episódios da segunda temporada e todos os da terceira até agora são ao vivo, o que os faz pelo menos 70% mais engraçados.

   Modern Family


Relutei, relutei e relutei, mas acabei caindo nas graças de Modern Family e não me arrependo nadinha. Não sei se pela incrível e assustadora semelhança com a minha própria família, ou se por ser tão engraçada que é viciante, mas a série acabou entrando para o meu hall de favoritas. A série conta a história de Jay e seus dois filhos adultos, Claire e Mitchell. Jay vive com sua esposa muito mais jovem, Gloria, e seu filho, Manny. Claire é casada com o palhaço Phill, que vive tentando agradar o sogro, e tem três filhos, Hayley, Alex e Luke. Mitchell e seu parceiro Cameron acabam de adotar uma bebê vietnamita, Lily. Juntas, as três famílias passam por poucas e boas, aprendem lições importantes e emocionantes, riem e choram e, o principal, permanecem unidos. É uma daquelas séries que conseguem nos fazer rir de tão reais, que nos fazem exclamar "meu deus, isso aconteceu comigo também!". Recomendo para todas as horas, principalmente para assistir em família. 

Don't Trust the B---- in Apartment 23


Quando vi que a série ia ser cancelada, quis me jogar no chão e espernear! Como uma série tão boa pode acabar assim? Com só duas temporadas, indico essa para quem quiser fazer uma maratona curtinha e light, um fim de semana ou um fim de tarde. June é uma garota do interior que consegue tudo o que sempre sonhou, um ótimo emprego em Nova York, um noivado aparentemente perfeito, um apartamento e a vida que sempre quis. Porém, precisa ver tudo ir por água abaixo quando a empresa para a qual trabalha acaba falindo. E é aí que a história começa mesmo, June, com todo o seu jeito inocente e ingênuo de interior, precisa ir atrás de um novo lugar para ficar e encontra com Chloe -- interpretada por uma das minhas maiores crushes da história, Krysten Ritter --, que é a "bitch" do título da série. Ela coleciona ex-colegas de apartamento, de quem pede adiantamento no aluguel e depois atormenta até que as garotas não consigam viver mais ali, no entanto, June está disposta a não ser passada para trás. As duas desenvolvem uma amizade estranha e engraçada, além de ter a participação de James Van Der Beek como ele mesmo sendo o melhor amigo de Chloe. 

   The Mindy Project


Por último, mas não menos importante mesmo, temos essa série que foi a responsável por me iniciar nas séries com temas médicos, apesar de esse não ser o tema central. Foi criada e é protagonizada pela Mindy Kaling, o que já é maravilhoso por si só. A Mindy é uma personagem super caricata, é uma ginecologista que sonha com o seu final feliz ao melhor estilo comédia romântica e se frustra quase sempre. Foi praticamente criada pela cultura pop, por vezes ignora e não entende referências histórias e tem uma língua super afiada. A série, a princípio, não fez o menor sentido para mim. Bom, isso até eu cair completamente de amores pelos outros personagens e pelas situações engraçadas, depois disso nem vi o tempo passar.

***

Yay! Quais são as séries de comédia favoritas de vocês? Espero tê-los inspirado e que estejam tendo um ótimo fim de ano aí do outro lado da tela! Até o próximo post, xoxo.

Nenhum comentário

Olá olá! Obrigada por ler o post e sinta-se à vontade para comentar! Não esqueça de voltar para ver a sua resposta, tento responder a todos. E, se você tiver um blog, deixe o link ao fim do comentário, adoro conhecer coisas novas!