12 fotografias


Olá, olá! Eu sei, eu sei, eu andei sumida e já adiantarei minhas desculpas, mas a rotina de provas e trabalhos da faculdade anda me matando e somado a isso tem o fato de eu estar sem internet em casa, o que dificulta muito para postar, é péssimo ter que ficar dependendo da internet alheia para manter o blog, mas a previsão é que até o fim desse mês a internet não seja mais um problema.

Bom, hoje eu vim postar essa tag mega atrasada. Lembram da #12Meses12Coisas? Vocês não achavam que eu ia perder o mês de abril, né? O tema desse mês é: 12 fotografias. Podiam ser 12 fotografias tiradas por mim, protagonizadas por mim ou quaisquer umas que eu gostasse, então trouxe um pouco de cada. Meu antigo computador queimou e com ele a maioria das minhas fotos antigas também, por esse motivo todas as fotos aqui são meio recentes (de uns três anos para cá), mas carregadas de significado do mesmo jeito.

Vamos começar? Eu espero que gostem! Mais uma pequena observação: elas não estão em ordem de preferência ou importância, foi tudo bem aleatório mesmo, haha.

QUANDO OUVI MINHAS MÚSICAS FAVORITAS AO VIVO


Essa é provavelmente uma das fotos mais importantes para mim, já que foi a única que consegui tirar no melhor show da minha vida. A essa altura não é novidade para ninguém que Arctic Monkeys é uma das minhas bandas favoritas e ter a oportunidade de chegar tão perto, de ouvir as músicas ao vivo, de conhecer várias pessoas que compartilham do mesmo amor pela banda que eu foi simplesmente surreal. Foi a única foto, porque, depois de passar mais de doze horas na fila do show, eu não tinha mais bateria nenhuma, então tudo o que eu consegui foi essa coisa tremidinha, mas que significa muito para mim.

A IMAGEM QUE EU ABRAÇO SEMPRE QUE SAUDADE BATE


Tenho certeza de que quem já acompanha o blog há algum tempo reconhece essa carinha adorável comigo nas fotos, certo? Para quem não sabe, essa é a Duff, também conhecida como a minha melhor amiga e no final do ano passado eu consegui finalmente atravessar o país para vê-la novamente e tiramos essas fotos em uma cabine de uma festa que fomos. Claramente, a moça que cuidava da cabine nos odiou por entrarmos na fila tantas vezes. Eu nunca fui muito boa nessa coisa de manter amizades a distância, ainda mais quando nós passamos um bom tempo vivendo tão pertinho, mas a gente fez isso funcionar e é uma das melhores coisas na minha vida.

O AMANHECER PÓS UMA NOITE MUITO ALEATÓRIA


Rodando pelas pastas perdidas pelo meu computador, achei essa foto e eu nem sei ao certo o motivo de amá-la tanto. Ela foi tirada depois de uma noite bem divertida e engraçada com uns amigos, nós chegamos em casa o sol estava nascendo, colocamos música boa e deitamos à beira da piscina. Comigo na foto está o Fellipe e a gente provavelmente estava rindo de qualquer coisa idiota enquanto o Jota fotografava.

JULIET, A MINHA VITROLA


Mais uma vez com o Jota e o Fellipe, essa é bem mais recente, foi tirada em fevereiro desse ano quando nós nos reunimos para testar a minha nova câmera, tiramos várias fotos e eu nem sei ao certo quem foi que fotografou essa, mas eu simplesmente a adoro.

ASSISTINDO MINHA IRMÃ REALIZAR UM SONHO 
(E CHORANDO SECRETAMENTE ATRÁS DA CÂMERA)


Essa, assim como as três fotos seguintes, foram tiradas na minha viagem a Orlando em janeiro. Acho que essa imagem tem um valor muito grande por toda a atmosfera envolvendo esse momento. A minha irmã mais nova, assim como muitas crianças, é completamente apaixonada por Frozen e especialmente pela Elsa, então já era de se imaginar que a primeira coisa que fizemos quando chegamos ao Magic Kingdom foi correr para a fila para encontrarmos a Anna e a Elsa. Todos nós sabíamos que ela estava ansiosa, só sabia falar sobre isso, mas ao adentrarmos a sala do trono ela simplesmente congelou um sorriso maravilhado, não conseguia para de olhar para a Elsa e ainda tentou falar em inglês com ela, haha. Quando elas se abraçaram, a Isadora não quis soltá-la e foi uma coisa tão linda. Não preciso nem dizer que ela passou os dias seguintes repetindo o que havia encontrado a Elsa e a Anna, certo? Na verdade, até hoje ela ainda fala sobre isso.

OS SONHOS DE UMA POTTERHEAD


Entrei no Beco Diagonal, Hedwig’s Theme tocava, tinha bastante gente ao meu redor, eu estava maravilhada. Um olho na paisagem, um olho na câmera, tentando capturar cada instante daquela experiência incrível. Da última vez que visitei o Universal Studios, aquela área ainda não havia sido inaugurada, então era tudo novidade para mim... Incluindo o fato de o dragão de Gringontes soltar fogo. Eu tinha visto em alguns lugares, assistido vídeos, mas naquele fatídico momento isso tinha sumido da minha mente até eu apontar a câmera para meu querido amigo dragão e dois segundos depois que eu tirei essa foto ele soltou fogo na minha direção. Tipo, fogo de verdade. Aparentemente, todo mundo ao meu redor já sabia, tanto que a maioria riu do pulo e do gritinho que eu dei quando aconteceu. Bom, eu não consegui tirar foto do fogo, mas essa foto me lembra perfeitamente de um dos maiores sustos que já levei em um lugar dos meus sonhos. Ele soltou fogo da minha cara.


Já do outro lado do parque da Universal, o Island of Adventure, eu pude revisitar a minha casinha, Hogwarts. Da primeira vez eu não tirei muitas fotos – grande erro, eu sei –, mas não deixei passar em branco dessa vez. Tomei cerveja amanteigada no Três Vassouras, perambulei pela Dedos de Mel, tomei um solzinho por Hogsmead, porque fazia frio pra caramba nesse dia, e tirei muitas fotos mesmo, incluindo essa pela qual eu guardo um amor muito grande em particular.


Mesmo parque, dia diferente (sim, nós compramos uma semana inteira na Universal e sem arrependimento nenhum). Alguém já ouviu falar de A Celebration of Harry Potter que rola geralmente no início do ano no parque da Universal? Eu só havia acompanhado pela internet, sentindo aquela invejinha branca de todo mundo que conseguiu estar presente, porém esse ano eu tive a oportunidade incrível de pegar pelo menos o primeiro dia do evento. Foi sensacional, Rupert Grint, Evanna Lynch, Bonnie Wright, Matthew Lewis e Katie Leung bem na minha frente. Eu fiquei sentada algumas horas no gramado, conversei com gente de todo canto do mundo, sério, e com a mão tremendo e várias lágrimas nos olhos consegui tirar algumas fotos, essa sendo a minha favorita. Eles ergueram as varinhas e disseram lumus maxima e logo em seguida as luzes se apagaram e fogos com as cores das casas de Hogwarts começaram a colorir o céu. Um dos momentos mais incríveis e inesquecíveis da minha vida e ano que vem pretendo pegar todos os dias do evento, torçam por mim!

AS FOTOS DE FAMÍLIA MAIS ENGRAÇADAS

Já ouvi meu pai e minha madrasta descreverem a família como “os meus, os seus e os nossos” e agora não encontro melhor jeito de explicar o lado do meu pai da família. Quando ele a conheceu já tinha três filhos (contando comigo, óbvio) e ela, dois. Digamos que algumas pessoas ainda se assustam quando estamos todos os sete juntos (ou nove, se você quiser contar também com a filha canina e a pequena Alice que está a caminho em julho). Bom, eles moram em São Paulo e eu em Rondônia, por isso nos vemos apenas duas vezes por ano mais ou menos, porém quando esses encontros acontecem o resultado fotográfico é sempre hilário:



A primeira foto foi na nossa viagem para Orlando em maio de 2014 e a segunda foi no último natal!

FOTOS QUE EU GOSTARIA QUE FOSSEM MINHAS
(MAS QUE NA VERDADE SÃO DO HARRY BENSON)

Harry Benson é um fotojornalista muito conhecido por estar no lugar certo na hora certa e ter um ótimo olho para um furo. Sério, o cara fotografou os últimos onze presidentes dos Estados Unidos, estava praticamente ao lado de Bobby Kennedy quando este foi assassinado, fotografou a queda do muro de Berlim, além de muitos momentos memoráveis das celebridades. Eu sou fã das fotografias dele muito antes de descobrir que eram dele, então aqui estão os meus dois momentos favoritos nos quais eu realmente gostaria de estar presente:


“Era três da manhã, depois de um show no Olympia em Paris em janeiro de 1964. Eles tinham tanta energia reprimida depois da performance e realmente não podiam sair porque seriam assediados. Então nós estávamos sentados conversando e bebendo. O empresário deles, Brian Epstein, entrou na suíte do Hotel George V para dizer a eles que ‘I Wanna Hold Your Hand’ estava em primeiro lugar no ranking americano, o que significava que eles iriam para a América para aparecerem no ‘The Ed Sullivan Show’… Tinha ouvido os Beatles falarem sobre uma guerra de travesseiro que haviam tido algumas noites antes, então eu sugeri que repetissem. Achei que seria uma ótima foto de celebração. A princípio eles disseram ‘ok’, mas então John disse que não, que isso parecia bobo. Em seguida, John deslizou para trás de Paul e acertou-o na cabeça com um travesseiro, derrubando sua bebida, e aquilo começou a guerra.”


“Dolly Parton faz com que qualquer um se sinta em casa quando te encontra com suas boas-vindas calorosas. Ela estava se arrumando para que eu a fotografasse. Eu fui até lá para perguntá-la quando ela estaria pronta e a vi parada perto de uma janela, dando o toque final a sua maquiagem. Eu disse ‘Dolly, não se mova, só continue fazendo o que está fazendo’ e ela obedeceu. Foi uma foto completamente natural, nenhuma luz montada, e ainda assim foi a minha favorita daquele dia.” 

****

Yay! Espero que tenham gostado, todas as fotos aqui significam muito para mim e confesso que se pudesse teria colocado umas 200 fotos, haha! Acho incrível como algumas fotografias têm esse poder de nos passar tantas energias ou sentimentos sem que necessariamente nós tenhamos participado. E para vocês, quais são as fotografias que remetem a coisas boas? Se vocês participam da tag também, não hesitem em mandar o link aí embaixo para eu dar uma olhada!

E falando em fotografia, não esqueçam de me acompanhar nas redes sociais, eu ando meio sumida por aqui, infelizmente, mas ando sempre por lá:

"stardustlady" no Snapchat 

Até o próximo post, xoxo! 

22 comentários

  1. Adorei as fotografias, a foto da sua irmã ficou uma fofura, a Elsa é tipo a Xuxa da minha época(haha, sou das antigas). A minha favorita, foi com esse quinteto maravilhoso
    beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a Elsa é mais ou menos isso mesmo, o ícone dos baixinhos de hoje em dia haha
      Ahh, obrigada, eu adoro essas fotinhas em família também!! É difícil escolher uma favorita.
      Beijos!!

      Excluir
  2. Gostei muito de todas as fotos! Que sorte, também gostava muito de ir a um concerto dos Artic Monkeys! E também adorava ir ao parque do Harry Potter!
    Beijinho

    http://amiudablogger.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, obrigada! Foram dois momentos muito memoráveis mesmo para mim, espero que um dia consiga realizá-los também, de verdade <3
      Beijinho, obrigada pela visita!

      Excluir
  3. adorei as fotos <33 eu sou encantada com fotos.


    http://www.jackblog.com.br/
    canal: https://www.youtube.com/channel/UCaLCUm-ZuvAbGTOCIThIIFA?spfreload=10

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bomm, muito obrigada! Também sou apaixonada pelo poder as fotografias têm <3
      Beijos!

      Excluir
  4. Minha vontade de ir para a Disney deu surtos aqui! Sempre quis, ainda não fui e meu sonho maior é no castelo do Harry. Ai. Sério. Surtei. E amei os significados de peso que cada fotoca trouxe. É uma delícia reparar o quanto os cliques carregam sentidos fortes, interpretações intensas para você, que dão sentido à arte. Adorei saber que a última foto foi algo natural e que você tem uma vitrola! Nunca vi uma de perto, juro. E essas maravilhosas em família? Xodós puros!

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus comentários sempre me trazem algo tão bom, obrigada por sempre passar por aqui! As fotografia possuem um poder incrível mesmo, de transportar sentimentos e sensações, é verdadeiramente uma arte. Ah, e eu amo tanto a minha vitrola, ela é meu xodózinho haha.
      Obrigada pela visita, Vanessa, beijos! <3

      Excluir
  5. Que post mais lindo! Sabe quando uma fotografia consegue captar a essência do momento? Foi isso que senti ao ver essas fotos! Sua irmã realizando um sonho, sua família se divertido, sorrindo, sua foto com sua melhor amiga (tô morrendo de saudade das minhas bests!), sua foto no show... adorei! mesmo!
    que bom que está de volta!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Era essa mesma a intenção, fazer as pessoas sentirem os fragmentos de momentos importantes para mim, que bom que gostou! E amizade a distância é mesmo de partir o coração!
      Beijos! Obrigada pela passada, Mah!

      Excluir
  6. Heyyy,
    Primeiro, adorei suas fotos pelo simples fato delas serem tão sinceras. Quase reais, todas significando algo importante pra você, isso é sempre incrível e o real motivo de eu amar fotografia, na verdade. Sou louca por AM também, tava olhando umas fotos e seu gosto musical é incrível. ENFIM, adorei loucamente o post, sério.
    Beijooos <3.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha achado isso, são todas muito sinceras mesmo e com uma importância gigante na minha vida, então é muito bom saber que consegui tocar outras pessoas com elas! E muito obrigada haha, eu amo musica demais!
      Beijos, moça, volte sempre!

      Excluir
  7. Essa Elsa maravilhosa, até eu choraria gente que coisa mais linda <3

    http://guitarrebel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, muitas lágrimas envolvidas nesse momentinhos de realização de sonhos haha <3

      Excluir
  8. Muito legal essa compilação de momentos em fotos. Deve ser incrível conhecer o estúdio da Universal, um dia quem sabe haha.

    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um dos meus estilos favoritos de post, confesso haha! Espero que conheça sim, é incrível de verdade!

      Excluir
  9. Ai que post maravilhoso, amo posts assim! É tão mágico quando a gente olha uma fotografia e sentimos exatamente o que sentimos ali na hora em que ela foi tirada, né? Eu amei todas as fotos, mas principalmente a foto com a sua amiga, a da sua irmãzinha abraçando a Elsa e as fotos da sua família, deu pra sentir direitinho a felicidade e a essência do momento por essas fotos, sério mesmo haha ah, amei seu Instagram e seu blog, já tô seguindo os dois!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As fotografias são realmente uma forma mágica de recordar momentos bons, né? Muito obrigada mesmo, são todas fotos repletas de sentimento e muito importantes pra mim, fico muito feliz que tenha gostado haha
      Ahhh e obrigada, eu já seguia você no instagram e adoro o seu feed!
      Beijos!!

      Excluir
  10. PRECISO NEM DIZER QUE ENTREI EM CURTO (nao sabia disso de janeiro), realizei meu sonho quando conheico os estudios em Londres - nesse dia que estava la, o Tom tbm tinha ido - na verdade creio que na mesma hora, mas como desconectei para aproveitar tudo, so descobri isso dps que estava no hostel.

    mas tudo bem.

    so consigo imaginar sua felicidade e que nenhuma fotografia no mundo pode retratar.

    caosarrumado.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você conheceu os estúdios em Londres??? Meu deus, esse tá na lista de sonhos que eu espero que ainda rolem antes de eu ter 30 haha! Que pena que não conseguiu encontrar com ele, mas o importante é que você deve ter curtido muito lá! E sim, foi um dos momentos mais felizes e marcantes da minha vida até então, sério!
      Espero que nos encontremos em um desses janeiros por lá haha! Beijos e obrigada pela visita <3

      Excluir
  11. Amei tooodas as fotografias! Fiquei encantada com as fotos de HP <3 acho que se fosse eu tinha tido um treco, hahahaha! E a fotografia tem esse poder mesmo, nos leva para um outro lugar na nossa mente, cheio de memórias boas e até mesmo as ruins são importantes em alguns momentos. Beijos!

    https://apaixonadaporfinaisfelizes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tive um treco!!!! hahah! Você falou algo que eu achei importantíssimo: as memórias ruins também são importantes. Achei isso incrível, às vezes não queremos acessar algumas memórias por serem dolorosas, mas elas também ajudaram a montar quem somos, também fazem parte de nós.
      Obrigada pela visita, beijos!!

      Excluir

Olá olá! Obrigada por ler o post e sinta-se à vontade para comentar! Não esqueça de voltar para ver a sua resposta, tento responder a todos. E, se você tiver um blog, deixe o link ao fim do comentário, adoro conhecer coisas novas!